Buscar
  • Dr. Bruno Miranda

Ombro Congelado

Ombro congelado pode acometer até 5% das pessoas em fase produtiva e levou a um custo anual ao sistema de saúde de cerca de 78 milhões de francos suíços segundo estudo realizado naquele país, publicado em fevereiro deste ano.


O afastamento do trabalho por mais de 90 dias foi de 30% e por mais de 360 dias de 9% dos pacientes acometidos.


O ombro congelado ou a capsulite adesiva, é uma condição inflamatória do ombro que cursa com dor progressiva durante meses e progride para importante restrição de movimentos (por isso ombro congelado). Pode surgir após traumas, processo inflamatórios, cirurgias ou ainda não ter uma causa definida.


A doença é autolimitada, ou seja melhora sozinha, porém isso pode demorar até 4 anos para acontecer.


O uso de infiltrações guiadas por ultrassonografia mudou a história desta doença nos últimos anos. O médico intervencionista pode facilmente realizar uma infiltração de solução com anestésicos e anti-inflamatórios no ombro, acelerando muito a recuperação dos pacientes.


Você já tinha ouvido falar do ombro congelado ou já teve algum problema parecido?

12 visualizações0 comentário