DOR DE CABEÇA:CAUSAS E TRATAMENTO

A dor de cabeça, ou cefaleia, é um dos sintomas mais frequentes descritos pelos pacientes em consultórios médicos. Ela pode durar alguns minutos ou até mesmo dias, podendo ser sentida de diferentes formas pelos pacientes: isoladas, em um ou em ambos os lados da cabeça, latejantes, variando de um ponto a outro, entre outras formas. Embora muitas pessoas lidem com a dor de cabeça como um problema do dia a dia, a automedicação não é recomendada quando a cefaleia se torna um problema frequente. O uso contínuo de medicamentos analgésicos, aliás, pode acabar se tornando o causador da cafaleia crônica diária. Nestes casos, é importante a consulta com um médico especialista, que irá ajudar o paciente a descobrir a origem da dor e tratá-la da melhor forma.

Principais tipos de dores de cabeça

Existem dezenas de tipos de cafaleias diferentes, causadas por uma variedade de fatores: desde a alimentação, passando por doenças mais graves ou até mesmo como reflexo do estado emocional do paciente. No entanto, existem dois principais subtipos para descrevê-la.

  • Cefaleias primária: são causadas por alterações químicas nos pacientes, não tendo relação com doenças mais graves, como tumores, aneurismas ou outras anomalias. Ou seja, a dor de cabeça é o principal mal. Ela pode variar de tempo de duração e intensidade e se manifestar como enxaquecas, cefaleia tensional ou cefaleia em salvas.

  • Cefaleias secundárias: neste caso, a dor de cabeça está relacionada a alguma doença, como tumores, infecções, traumas e hemorragias. Podem aparecer acompanhadas de outros sintomas, como vômito, febre, desmaio, fraqueza, entre outros.

Causas

Além de aparecerem como sintomas de algumas doenças (cefaleias secundárias), as dores de cabeça podem estar relacionadas a fatores como estresse, calor, sono inadequado, alimentação, excesso de esforço, cheiros fortes, entre outros. Quando a dor de cabeça é persistente, é importante observar os sinais que a provocam e descrever para o médico no momento da consulta, pois essa informação irá ajudá-lo a encontrar a melhor alternativa para tratamento.

TRATAMENTOS

As pessoas que fazem o uso de medicamentos para dores de cabeça regularmente, sem o devido aconselhamento médico, podem acabar piorando o problema e desenvolvendo a cafaleia crônica. Os médicos podem auxiliar, inclusive, para prevenir a incidência da dor de cabeça.

 

A medicina intervencionista da dor pode ajudar o paciente tanto no diagnóstico da origem do problema quanto no tratamento. Por meio de procedimentos guiados por imagem, é possível realizar bloqueios para identificar a origem da dor.

 

Outras possibilidades são (espaço para descrever os procedimentos intervencionistas)