DOR NA MÃO: PRINCIPAIS CAUSAS, DIAGNÓSTICO E TRATAMENTO

A mão é uma estrutura que funciona pelo trabalho conjunto de músculos, tendões, ligamentos e ossos. É de extrema importância para o ser humano executar suas tarefas em casa e no trabalho, sendo necessária para praticamente todas as atividades, desde as mais básicas, como escovar os dentes e pentear os cabelos, às mais específicas, como operar equipamentos e manusear celulares e computadores.

 

Por causa de sua importância, qualquer desconforto na mão pode representar um grande problema para as pessoas, principalmente quando ficam impedidas ou incapacitadas de realizarem as tarefas a que se dispõe. As dores nas mãos podem desaparecer sozinhas, mas carecem de atenção especial quando são frequentes, rotineiras ou não diminuem com o passar do tempo.

 

Principais Causas

 

A causa da dor na mão pode estar relacionada a doenças como artrite, tendinite, tenossinovite, síndrome do túnel do carpo, cistos sinoviais (ou quistos sinoviais), entre outros. Ela pode estar ainda ligada a problemas reumatológicos, fraturas ou lesões nos nervos, músculos e articulações. A dor na mão pode ainda ser causada por esforços repetitivos ou pancadas e batidas.

 

Artrite

 

É uma condição bastante comum, principalmente em pessoas idosas. No caso da osteoartrite, essa dor corresponde à inflamação de uma ou mais articulações, aparecendo principalmente nas regiões próximas às pontas dos dedos, nos ligamentos do meio dos dedos e na base do polegar. A dor é acompanhada de rigidez nos dedos e limitação dos movimentos. Há também a artrite reumatoide, que aparece mais comumente em mulheres entre os 40 e os 50 anos. Ela está relacionada a fatores genéticos e ao tabagismo.

 

Tendinite

 

A tendinite nas mãos é provocada principalmente pela repetição de tarefas diárias. Quem usa as mãos para movimentos contínuos e repetitivos pode apresentar sintomas como inchaço, ardência e formigamento. É causada pela inflamação dos tendões.

 

Tenossinovite Estenosante

 

Também chamada de dedo em gatilho, a tenossinovite estenosante é uma inflamação que acomete os tendões, causando a paralisia e impedindo o movimento de dobrar ou esticar o dedo. Pode aparecer acompanhada de estalidos.

 

Síndrome do Túnel do Carpo

 

Quando há a compressão do nervo mediano na região do punho, o reflexo pode ser as dores sentidas na palma da mão, acompanhadas de dormência e formigamento. Os sintomas podem ficar ainda mais intensos à noite. 

 

Cistos ganglionares

 

Inchaços que ficam visíveis na pele, os cistos ganglionares não costumam ser doloridos, mas causam certo incômodo nos pacientes. Costumam aparecer na parte de cima da mão (dorso), mas também podem se manifestar nos dedos. Podem desaparecer de forma natural, mas é possível tratá-lo para que deixa de ser um desconforto.

 

Diagnóstico e Tratamentos para as Dores nas Mãos

 

Um médico especialista deve ser consultado quando a dor na mão é persistente e incapacitante. O ortopedista será capaz de avaliar o paciente e indicar a necessidade de exames complementares, apontando o melhor tratamento a ser seguido. 

 

Nos casos em que a dor na mão não apresenta sinais de melhora, a medicina intervencionista da dor pode auxiliar com procedimentos minimamente invasivos. 

 

Com o auxílio de exames de imagem em tempo real, é possível acessar o lugar exato da origem da dor por meio de punções e injetar a medicação anti-inflamatória no local, apresentando a diminuição do desconforto e a melhora da qualidade de vida do paciente. Isso serve para o tratamento de tendinite, tenossinovite e artrite, por exemplo.

 

É possível diminuir a dor provocada pelo dedo em gatilho também por meio de procedimentos percutâneos com o auxílio do ultrassom, atuando para soltar as aderências causadoras da dor. Estes procedimentos também podem ser aplicados para a fenestração do cisto, por meio da injeção de anti-inflamatórios e outras técnicas para drenar o conteúdo causador do inchaço.